Formulário de Cadastro no Topo

Por que parece que o tempo está passando tão rápido e como "freá-lo"?



Como anda a sua correria por aí? Calma, não responda, eu já imagino sua resposta: “Nossa, anda tudo muito corrido...” (se não foi essa a resposta, foi mais ou menos essa, confere?) J


Pois é, realmente o tempo parece que anda escapando pelas nossas mãos...

Nossos dias acabam ficando curtos para realizarmos todos os nossos objetivos e compromissos, a parte chata é que sentimos uma pressão diária para ter mais tempo. (ansiedade)

Somamos isso ao fato de praticamente todos os dias ouvirmos que precisamos:

- Ser um bom profissional
- Ser um bom pai, mãe, filho, irmão, etc,
- Aprender algo novo diariamente (um idioma, etc)
- Cuidar melhor da saúde e ser menos sedentário
- Valorizar e manter contatos com os amigos pessoais e virtuais
- Dedicar mais tempo ao lazer no dia a dia, etc, etc, etc...

Mas enfim, como fazer isso se nosso dia só tem 24 míseras horas?

Antes de tudo, confesse:

Você sentiu uma ansiedade só de pensar em fazer tudo isso e não ter tempo em um único dia?

Você sente que está falhando em alguma dessas missões e isso causa ansiedade?

Você acha que estas falhas acabam atrapalhando de você ser mais feliz?

Muitas vezes você acaba se culpando por tudo isso e fica procurando uma solução?

Você tem a sensação de que o tempo está passando cada vez mais rápido?

As vezes você acha que precisa de mais tempo para ter mais sucesso e felicidade?

Pois é, atualmente um ditado bem comum é aquele: “Tempo é nosso bem mais precioso”.

Bom,  vamos ver algumas sacadas interessantes para resolver isso.

Depois que li aquele livro “Trabalhe 4 horas por semana” do Timothy Ferriss e me aprofundei mais em PNL e estudos relacionados ao nosso comportamento e psicologia, pude entender melhor os “porquês” dessa sensação que vem se tornando cada vez mais forte em nosso cérebro.

Por isso fiz este artigo para compartilhar com você algumas técnicas que uso no meu dia a dia e tem contribuído bastante para reduzir essa ansiedade diária.

Sim, eu sei também que neste momento você está pensando em mil argumentos para dizer que a sua vida é mais corrida que a do seu vizinho, mas vai lendo que já, já vai fazer sentido... :-)


Vamos ao primeiro ponto:

Um primeiro ponto é analisarmos o que é o nosso “tempo”, todos nós temos 24 horas para realizar aquilo que é fisicamente possível, nada mais que isso, a questão está somente em “como fazer isso”.

O tempo é justo, é igual para todos (clichê, mas é um fato)

Para facilitar sua vida, fiz essa tabela, se você nunca fez esse teste, é só baixa-la clicando AQUI.


Perceba que apenas em atividades "fixas" que praticamente todo o ser humano precisa realizar em um dia, já foram consumidas as 12 primeiras horas do dia, restam 12 para fazer todo o resto.



Claro que aqui são apenas exemplos, você terá que lançar na tabela conforme a sua rotina diária.

Mas perceba que se você for estudante, por exemplo, e dedicar 4 horas por dia a isso, você praticamente liquida com muitas outras possibilidades.

Ou seja, seu tempo para atividades extras será completamente "engolido".

Agora que percebemos que indiferente de qualquer coisa, tem atividades que não podem ser alteradas e essas atividades irão consumir praticamente 50% do no nosso dia, já fica mais fácil, agora sabemos que só temos metade do dia para fazer os devidos ajustes. :-)


Com isso chegamos ao segundo ponto:

O segundo ponto é entender os motivos que nos fazem considerar que o tempo está passando mais rápido:

Nós temos a mania de comparar a velocidade do tempo atual, com a velocidade que o tempo passava em nossa infância, isso é uma loucura, pelo seguinte motivo, veja só:

Quando você tinha 10 anos, um ano equivalia a um décimo da sua vida, veja a figura pra entender melhor.

Se hoje você tem 30 anos por exemplo, isso significa que um ano equivale a apenas um trigésimo da sua vida, olha só:


Entendeu?

Quanto mais você envelhece, mais rápido seu cérebro interpreta um ano, porque esse “ano” representa cada vez um pedaço menor da sua existência.

O culpado por essa sensação é o tal Núcleo Supraquiasmático Cerebral, ele processa a nossa sensação de duração do tempo... 


Terceiro ponto e o mais importante:

Basicamente 2 coisas nos causam ansiedade com relação ao tempo:

- Angústia por não ter feito mais no passado e hoje estar com a vida “tão corrida”
- Angústia por querer fazer mais hoje, para compensar o passado e aproveitar melhor o futuro.

Agora vamos há outro fato que muitas vezes passa despercebido em nossa vida:

Passado e futuro simplesmente não existem, são apenas pensamentos em nossa memória, nada mais que isso, passado já era, foi, acabou, futuro não chegou ainda, a única coisa que de fato existe é o “agora”.

A única coisa que você realmente pode mudar é o agora, nada mais que isso e claro, o que você fizer agora, vai refletir no seu futuro, mas jamais no teu passado.

Em resumo, esquece o teu passado, guarde ele aí na memória e não deixe que ele influencie em qualquer decisão na sua vida a partir de agora... 

Sentir angustia pelo passado precisa ser extinto da sua mente o mais rápido possível.

Sentir ansiedade pelo futuro também, você precisa esquecer esses dois tempos e se concentrar no agora.

Sim, eu sei, parece meio "teórico" falar isso, eu também pensei exatamente isso quando me deparei com essa informação, mas com o tempo a gente começa entender que ela é um grande fato real.

Fazendo isso, você começa a reduzir sua ansiedade e levar uma vida mais "zen", não que ela vá ficar menos corrida do que é hoje, mas seu cérebro não vai "torturar" você com a sensação de ansiedade no dia a dia.

Aos poucos você vai percebendo que a maior parte dessa “correria” está no nosso cérebro.

Em resumo, você não está em uma correria hoje, você sempre esteve, porém, quanto mais velho (desculpa falar assim :)) você fica, mais rápido tempo passa para você.


Dicas práticas para reduzir a ansiedade:

Além de entender as causas e procurar aí dentro da sua mente a solução, algumas dicas práticas vão ajudar você a resolver isso a partir de hoje:

1) Anote tudo, tenha uma agenda ou um bloco de notas para tirar do seu cérebro e passar para o papel, fazendo isso, você sente o alívio por não precisar mais ficar lembrando do compromisso.

2) Faça uma auto análise dos seus hábitos negativos, isso não é fácil, é muito fácil julgar os outros, mas julgar a nós mesmo é diferente, faça isso e descubra o que você quer mudar em você para melhorar seu tempo.

Após descobrir, comece a alteração desse hábito, esse prazo é difícil e levará em torno de 60 dias para que se torne "automático" (comprovado pela ciência).

Por exemplo: se você anda usando muito as redes sociais e acha que isso não está legal, comece hoje a usar somente em um horário fixo, não será fácil, mas será possível e breve se tornará automático.

3) Separe seus compromissos em 3 partes: fazer no dia, fazer na semana, fazer no ano, com isso você se programará para realizar as atividades no tempo certo, sem esquecer e sem se pressionar a toa.

4) Comece utilizar Mapas Mentais para organizar sua vida (baixe o Programa Xmind no www.xmind.net), esses mapas simplificam e muito suas tarefas e reduzem sua ansiedade.

5) Tenha um horário estabelecido para acessar e responder seus e-mails e contatos sociais, fazendo isso você deixa de sentir ansiedade sem saber se tem algo ou não para aquela hora.

6) Se não é necessário, não responda, é muito difícil fazer isso (eu considero muito difícil essa parte, tento responder 100%, mas nem sempre consigo e acabo ficando ansioso com isso) :-)

7) Acredite: aquela pequena pausa após uma refeição faz uma diferença gigantesca na sua mente, ela ajuda organizar os pensamentos e evitar a ansiedade. Permita-se dar aquela pausa (20 minutos)

8) Cobre-se menos, você não conseguirá aumentar seu tempo, você só conseguirá se reorganizar e isso é igual para todos nós. Não fique se comparando com outras pessoas, comparece apenas com você mesmo.

9) Delegue funções, você não imagina o quanto as pessoas ao seu redor (funcionários, família, etc) são capazes de realizar, muitas vezes deixamos de confiar e acabamos acumulando tarefas, livre-se desse dogma.

10) Lembre-se: a ansiedade pela correria está unica e exclusivamente dentro da sua mente, se você tem que fazer "x, y e z em duas horas", você terá que fazer com ou sem ansiedade, portanto, ela não existe, ela apenas "tortura" você sem nenhum benefício para sua vida. Reflita sobre isso e busque livrar-se dela.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Então é isso, espero que este artigo tenha sido importante para sua vida pessoal e profissional, até o próximo. :-)

Abraços e sucesso!

Elias Fernando
Autor do Blog

Livros sugeridos: 
Trabalhe 4 horas por semana - Timothy Ferriss
O poder do hábito - Charles Duhigg


--------------------------------------------------------------------------------------------------





Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout exclusivo do blog - Fazendo Certo | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©