Formulário de Cadastro no Topo

Sugestão Para Melhorar a Negociação Entre Divulgadores e Donos de Escola


Quando o assunto é macro captação, um dos  problemas comuns é o enrosco na hora do acerto das matriculas feitas, geralmente por falta de comunicação por ambas as partes (divulgador e dono de escola)

Nenhum lado tem mais ou menos razão, afinal, cada caso é um caso, mas de um modo geral, estes são os problemas mais comuns:

- Os custos gerais do trabalho não são bem combinados previamente e na hora do fechamento acontecem os desentendimentos.

- O dono da escola quer que seja cobrada a primeira parcela direto cliente, no ato da matrícula, assim, eliminam os riscos do acerto pós venda.

- O divulgador não quer exigir a primeira parcela do cliente, porque considera que isso vai reduzir as vendas, por isso, prefere receber o cheque do dono da escola.

- O dono da escola quer evitar pagar com o cheque, porque tem medo que ocorram muitas desistências após a macro.

- O divulgador não acha justo prestar o serviço e não receber em cheques, já que teve todo o trabalho, deslocamento, etc... 

- Após o acerto, o dono da escola acaba não pagando os cheques dados ao divulgador porque teve excesso de desistências logo após o término da macro...

Enfim, aqui é um mero resumo dos problemas que geralmente acontecem, claro que cada um dará seus motivos para afirmar que está com a razão.

Tenho certeza que você tem um monte de história pra contar sobre esse assunto...

Algum tempo atrás fiz ESTE POST sobre isso... 

Indiferente de qualquer situação, o diálogo é sempre o melhor caminho. :-)


Agora vamos ver uma sugestão simples, mas que pode resolver boa parte deste problema:

Antes de começar a ler, ABRA SUA CABEÇA para novas ideias, lembre-se, no começo tudo é difícil, estranho ou parece impossível... 

Atualmente, existem soluções como a "Moderninha" do PagSeguro, ela funciona normalmente como outra máquina de cartão, usa um chip de celular, você passa venda parcelada em até 12 x e recebe o valor integral em 5, 14 ou 30 dias.

Há também a maquina que você conecta ao celular e passa o cartão do cliente da mesma forma, a diferença é que o celular precisa estar conectado à Internet para concretizar a venda.

Indiferente do equipamento ou do serviço online (em breve o MOIP irá lançar sua maquina), você pode fazer o cadastro gratuito e adquirir a máquina (mesmo que tenha restrições no CPF ou CNPJ, afinal, a operação de crédito é apenas entre o cartão do cliente e o Pagseguro).

Pensando nisso, o que eu recomendo, é que todo divulgador tenha uma maquininha dessas, com isso, ao invés de tentar cobrar a vista do aluno ou ficar esperando para receber em cheque do dono da escola, cobra-se a primeira parcela no cartão, diretamente na sua maquininha, podendo inclusive parcelar se o cliente preferir.

Com isso, o risco é zero para o divulgador e zero para escola.


Talvez você esteja criando vários problemas, tipo:

"Aqui na minha cidade ninguém usa cartão..."

"As pessoas não gostam de usar o cartão..."

"São poucas as pessoas que usam cartão..."

Enfim...quando digo aqui no blog que você não imagina a quantidade de pessoas que vão usar o cartão a partir do momento que você simplesmente começar a pedi-lo, é porque testei isso e aplico no meu negócio há mais de 6 anos...

Eu também tinha esses pensamentos limitantes, também, achava que não daria certo, que ninguém ia preferir o cartão no lugar do boleto, etc... 

Mas digo com absoluta certeza: se você oferecer para todos e claro, oferecer um benefício para que haja essa troca, você também ficará surpreso com os resultados... :-)


Dica que faz a grande diferença:

É óbvio que se você não oferecer nenhum benefício extra, as pessoas vão optar pelo boleto mesmo, que para ela é mais flexível (e fácil de não pagar)...

Por isso, antes de executar o trabalho, é importantíssimo que o divulgador e o dono da escola façam um acordo para oferecer benefícios fortes que incentivem as pessoas a pagar a primeira parcela no cartão e se possível, o curso completo.


Exemplos de benefícios que podem ser oferecidos:

(lembre-se: estes benefícios devem ser combinados previamente entre o divulgador e o dono da escola)

- Prazo maior para pagar a 1ª parcela

- Desconto de 15 ou 20% no valor da parcela 

- Isenção de taxas de inscrição e outras possíveis taxas

- Isenção de uma parcela no final do curso

- Flexibilidade para mudanças de horários no primeiro mês

- Um curso ou benefício extra


Dica extra:

Além de oferecer esses benefícios para o cliente pagar a primeira parcela...

Ofereça também para ele passar o curso completo no cartão, com certeza terá uma média de pelo menos 7 x 1, ou seja, a cada sete vendas, uma passará o curso completo no cartão.

Na hora do acerto final entre a escola e divulgador, com absoluta certeza, o saldo em aberto será menos de 30% do total de matrículas.

Com isso, o divulgador vai para casa feliz e com dinheiro na mão ou na sua conta do Pagseguro e o dono da escola fica tranquilo que não terá aqueles cheques preocupantes para cobrir após o trabalho.

E todos ficam felizes para sempre, fim! :-)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Então é isso, espero que você tenha gostado deste conteúdo e que ele possa impactar positivamente seu negócio, seja você um dono de escola ou um divulgador.

Sucesso!!!

Elias Fernando
Autor do Blog.



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

PS: Se ainda não assinou nossa lista VIP, aproveite, é grátis e tem muita novidade lucrativa vindo por aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout exclusivo do blog - Fazendo Certo | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©