Formulário de Cadastro no Topo

Cobre a "taxa de cancelamento", sem brigar ou perder o cliente

Um dos dilemas que todo dono de escola profissionalizante vive, é:

Quanto e como cobrar a "taxa de cancelamento" dos seus contratos?

Há os que não cobram nada, há os que cobram o que o PROCON e a lei orientam (10% sobre o saldo devedor) e há os que querem levar a alma do cliente junto com a taxa (absolutamente não recomendável).

Conheço escolas que são, basicamente, fábricas de "taxas", considero isso uma falha (e maldade) muito grande, pois, o cliente esclarecido e geralmente o que tem uma condição financeira melhor, conhece seus direitos e briga para não pagar essas taxas, logo, cobrar taxas abusivas, recai principalmente sobre os mais humildes. Mas enfim, é uma opinião apenas.

A questão aqui é: como cobrar uma taxa legal e não brigar ou perder o cliente? Afinal, ninguém gosta de pagar taxas para nada, quanto mais, para cancelar um curso que ela não vai fazer.

Depois de algum tempo, fazendo um levantamento da quantidade de alunos que cancelavam o curso, versus, a quantidade desses alunos que renovavam a matrícula, cheguei à conclusão que vale muito mais a pena eu cobrar a taxa de cancelamento, no entanto, DEVOLVER a taxa, caso este aluno ou alguém da sua família retorne amanhã ou depois para fazer outro curso.


Comecei fazer isso em 2009 e desde então, não tive mais nenhum, eu disse NENHUM, problema ou reclamação de aluno para pagar a taxa de cancelamento do contrato, pois deixamos bem claro no momento do cancelamento, que ele NÃO PERDERÁ o valor pago na taxa, que ela será devolvida futuramente, sem prazo de validade.

Resumindo, minha taxa de rematricula com alunos que haviam desistido cresceu absurdamente, sem contar, que evita aquele stress ou mal estar na hora de cobrar um cancelamento, que é uma espécie de despedida triste, logo, se você vai devolver a taxa, não é uma despedida, é um "até breve". ;-)

Para baixar o modelo de termo de cancelamento com devolução futura da taxa, use o link abaixo:

Link encurtado ->  http://bit.ly/1D5eAd7


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout exclusivo do blog - Fazendo Certo | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©